Wu Xing Qi Gong

Anúncios

Exercício do peixinho

Como praticá-lo?
Deite-se de costas, mantenha o corpo reto, estique bem os joelhos e una os calcanhares. Em seguida, force os dedos do pé em direção ao corpo e apóie a nuca sobre as mãos entrelaçadas. Os cotovelos devem permanecer firmemente apoiados sobre a superfície dura. Em seguida, eleve a pelve, o mais alto possível, sacudindo-a ritmicamente para os lados, imitando o movimento do peixe ao nadar, durante dois ou mais minutos.
Benefícios
Este exercício estimula o peristaltismo intestinal, corrige a coluna lombar e normaliza a estrutura pélvica. É excelente na prevenção e tratamento de diversas doenças abdominais, como por exemplo, constipação intestinal, apendicite, diverticulite, peritonite, hérnia, prostatite e afecções ginecológicas em geral.

Exercício do João-Teimoso

Sentar no chão, sobre os pés, deixando entre as pernas uma distancia de 3 a 4 punhos fechados. Colocar o dedão do pé esquerdo sobre a planta do pé direito. Apoiar as mãos sobre os joelhos, mantendo a coluna ereta, como um pilar. Inclinar o tronco a 40° de um lado para o outro. Antes de iniciar esse movimento de pendulo, ficamos eretos, encolhendo e soltando o abdômen. Contraindo e relaxando. Após uns minutos, iniciar o movimento de pendulo mas continuando com o movimento de contrair e relaxar a barriga. O corpo durante esse movimento se encontrará em 3 posições distintas: meio, esquerda, meio e direita, e continua-se o ciclo. Sem paradas, o movimento é continuo e sem paradas ou arranques. Quando o corpo estiver no meio se encolhe a barriga, quando se encontra em um dos lados, esquerda ou direita, relaxamos o abdômen. Geralmente fazemos esse movimento durante 10 minutos.

A prática desse exercício é, inicialmente, um pouco difícil de ser executada, mas, feita diante de um espelho, e após um tempo o exercício vai se tornando cada vez mais fácil de ser executado.

Através desse movimento retificamos a coluna e proporcionamos a eliminação de fezes ressequidas nos intestinos, prevenindo várias doenças e distúrbios. A oscilação das costas favorece o irrigamento das veias entupidas da cabeça, estimulando o cérebro e agilizando a produção intelectual. Muitos problemas dos olhos ou do nariz são curados por esse exercício. Uma experiência positiva ocorreu com o criador da Unibiótica, que curou-se da sinusite, pela pratica desse exercício.

O seis exercícios propostos, associados à alimentação à base de verduras cruas, bem como aos banhos alternados e de ar constituem os fundamentos práticos da Unibiótica.”

Texto retirado do livro: ABC da Saúde I – Autor: Dr. Jong Suk Yum – Editora Convite do Brasil – 1988

Os grupos que fazem as aulas de unibiótica, costumam fazer outros exercícios alem dos descritos acima. Os descritos acima são a base da Unibiótica.

Gostaria de salientar que as pessoas que não conhecem a unibiótica, não tentem fazer esses exercícios sozinhas, antes de terem visto pessoalmente como se deve praticá-los. Caso você tenha interesse em fazer os exercícios para comprovar os inúmeros benefícios que eles proporcionam, recomendo que você procure um grupo de unibiótica mais próximo de você. Faça uma aula, e aprenda a execução correta dos exercícios. Por mais que o texto tenha sido claro na explicação do movimento, não se compara a demonstração dos mesmos ao vivo.

Exercício do Sapinho

Deitar, colocando o travesseiro de madeira sob o pescoço. Juntar as palmas das mãos sobre o peito, simetricamente, em forma de oração. Em seguida, levantar e abaixar as mãos juntas, perpendicularmente ao peito. Após juntas as plantas dos pés, simetricamente, dedo contra dedo, e levar, juntos, o máximo possível das nádegas. Fazer, simultaneamente, os movimentos de esticar, com vigor, as pernas para baixo e, os braços ( mãos juntas ) para cima da cabeça, tocando o chão. Fazer esse movimento durante mais ou menos 1 minuto. Terminado o movimento rítmico, manter as mãos e os pés juntos, como na posição inicial, permanecendo assim, durante cinco ou dez minutos ( nas aulas, é feita a meditação nesse momento ). Forçar ao máximo o ângulo de abertura das pernas, até que os joelhos quase toquem o chão.

A postura desse exercício deve ser absolutamente correta.

Os efeitos produzidos são de várias ordens: pelo movimento simultâneo de esticar e encolher os membros, os ligamentos internos da coluna são flexibilizados verticalmente; uma perna, mais curta do que a outra, ficará nivelada; os gases intestinais são expelidos através da pressão provocada nos intestinos. Esse exercício favorece, pois, o equilíbrio de temperatura entre os dois lados do corpo, atuando beneficamente, sobre qualquer distúrbio feminino como: corrimento, menstruação anormal, deslocamento, hipoplasia e prolapso do útero, mioma, fibroma e cisto no ovário.

Exercício Do Vasocapilar

“O exercício do vasocapilar baseia-se na teoria de que a força motriz da circulação sanguínea está na rede vasocapilar – um dos princípios fundamentais da Unibiótica.

O conceito atual de que a força motriz da circulação sanguínea se encontra no coração ( funcionando como uma bomba hidráulica ) está baseado na teoria formulada há 300 anos, quando ainda não haviam inventado o microscópio. Eu me oponho totalmente e discordo desde ultimo conceito.

Existem, em média, cerca de 5,1 bilhões de vasocapilares no homem, dos quais 3,8 bilhões se localizam nos membros. Eles são estimulados através do exercício do vasocapilar. Erguer os membros, verticalmente, não só anima a circulação através da gravidade, mas a estimula duplamente através deste exercício.

As pessoas que tem postura incorreta ou doenças nos órgãos internos sofrem frequentemente de dormência e formigamentos, alem de paralisia nas mãos e nos pés, por que a circulação não consegue irrigar as extremidades dos membros. Estes sintomas se agravam e evoluem para o reumatismo e, depois, para a endocardite, o escorbuto, a hemofilia, etc.A palavra reumatismo significa: toxinas fluindo pelo corpo, pois em grego “rhéo” significa correr, e “matismo” significa veneno, toxina.

Tudo isso pode ser evitado através do exercício do vasocapilar praticado durante 1 ou 2 minutos pela manhã e a noite. Estimulando a circulação os problemas desaparecem. Praticado diariamente, este exercício evitará a frieza nos pés e poderá evitar, também, manchas que surgem nas mãos quando envelhecemos.

Fonte:http://unibiotica.wordpress.com